• Estádios brasileiros tiveram apenas 26% de taxa de ocupação em 2013

    Lugares vazios foram mais comuns do que em 2012, quando taxa ficou em 26,6%

    Atualizado em 06/02/2014 - 13:06

    Estádios brasileiros tiveram apenas 26% de taxa de ocupação em 2013

     

     

    Os estádios brasileiros encheram menos em 2013 do que no ano anterior, conforme aponta estudo realizado pela Pluri Consultoria, que revelou uma taxa de ocupação de apenas 26% das arquibancadas do país na temporada passada. Em 2012, este número ficou em 26,6%, diferença explicada, em parte, pela abertura dos estádios da Copa das Confederações, que têm maior capacidade.

    Curiosamente, as Copa Libertadores e Sul-americana de 2013 apresentaram, somadas, uma taxa de ocupação menor do que as edições de 2012. O estudo da Pluri considerou apenas os jogos das equipes brasileiras, dentro do território nacional, e mostra que, no ano passado, as arquibancadas estavam apenas 60,2% tomadas por torcedores, enquanto no ano anterior tinha 66,8% dos assentos ocupados.

    As quatros divisões do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil tiveram aumento na taxa de ocupação de 28,5%, em 2012, para 31,5% no ano passado. Já os Estaduais caíram de 21,4% para 20,8%.

    "Dos 34 campeonatos, somente 11 superaram a média Nacional de 26% de ocupação: Libertadores, Brasileirão série A, Sul Americana, Copas do Nordeste e do Brasil e Estaduais do Pará, Pernambuco, Minas, Goiás, São Paulo e Santa Catarina", aponta o relatório, que ainda cita que os melhores estaduais são o Paraense, na 4ª posição, o Pernambucano, na 7ª e o Mineiro, na 8ª colocação. Os últimos 14 torneios da lista são todos estaduais.

    A Pluri ainda diz que oito dos 34 torneios analisados tiveram taxa de ocupação inferior a 15%, reforçando que todos eles são estaduais.

    (Fonte/Foto: Placar)



    Veja mais notícias sobre o Brasil >